Morto em capotamento em rodovia estadual do Sertão da Paraíba, empresário Tadeu Pantinha é sepultado em clima de comoção em Pombal

Morto em capotamento em rodovia estadual do Sertão da Paraíba, empresário Tadeu Pantinha é sepultado em clima de comoção em Pombal

Por Edmilson Pereira - em 2 semanas atrás 724

Em clima de muita comoção,  foi sepultado na manhã deste domingo (21), no Cemitério Nossa Senhora do Carmo em Pombal, o empresário da construção civil, Rainilson Tadeu da Silva Pereira (34 anos), conhecido como (Pantinha)

Ele faleceu na madrugada de sexta-feira (19) para sábado (20) numa rodovia estadual que liga São José de Piranhas, Serra Grande, passando por São José de Caiana, vítima de um capotamento.

Tadeu Pereira (Patinha) tinha participado na sexta-feira da inauguração do Mercado Público de São José de Piranhas, obra construída do sua empresa, e entregue pelo governador João Azevêdo (PSB).

Depois da solenidade Tadeu se dirigia, sozinho, para ir dormir no município de Itaporanga, onde no sábado (20) iria visitar uma obra pública. A viagem terminou sendo interrompida com a sua morte. No percurso, numa estrada cheia de curvas, ele perdeu o controle de uma caminhoneta que dirigia, que capotou por várias vezes.

O carro e o corpo de Pantinha foram encontrados na manhã deste sábado, por um agricultor da região.

Um parente do empresário confirmou, neste domingo (21),  que Tadeu estava sem o cinto de segurança e foi encontrado morto no veículo com o pescoço quebrado.

Rainilson Tadeu da Silva Pereira, tinha 34 anos e morava atualmente, na cidade de Patos. Era casado com Roxane Soares de Lacerda, sobrinha do ex-prefeito de Conceição, o atual deputado estadual Nilson Lacerda e do empresário da construção Civil, Marcílio Lacerda, ex-presidente da Câmara de vereadores da cidade de Conceição. Pantinha deixou ainda duas filhas, Alícia 9 e Valenina 4 anos

Ele era filho do empresário Panta Leão, da cidade de Pombal, já falecido, vítima de Covid-19.