Morre  de câncer aos 68 anos, Roberto Dinamite, ídolo do Vasco e maior artilheiro do Brasileiro

Morre de câncer aos 68 anos, Roberto Dinamite, ídolo do Vasco e maior artilheiro do Brasileiro

Por Edmilson Pereira - em 1 ano atrás 683

Morreu neste domingo (08) aos 68 anos o atacante Roberto Dinamite, para muitos o maior ídolo da história do Vasco da Gama, clube pelo qual jogo 29 anos.

Dinamite vinha lutando contra um câncer de intestino desde o ano passado. Ele morreu a exatos 10 dias após a morte de Pelé, o Rei do Futebol.

Atacante notabilizado por seu apurado faro de gol, Dinamite atuou durante duas décadas no cruzmaltino – período dividido por uma breve passagem pelo Barcelona – e conquistou um Campeonato Brasileiro (1974) e cinco Campeonatos Cariocas (1977, 1982, 1987, 1988 e 1992).

Além disso, se tornou o maior artilheiro da história do Vasco (702 gols), em 1.110 jogos pelo time cruz-maltino. Brasileirão (190) e do Carioca (284). Também marcou 20 gols pela seleção brasileira e participou das Copas do Mundo de 1978 e 1982.

Nascido Carlos Roberto de Oliveira, ele ficou eternizado com o apelido de “Dinamite” após um jornal esportivo ter publicado a manchete “Garoto-dinamite explodiu” depois de uma vitória do Vasco sobre o Internacional no Maracanã.

Após pendurar as chuteiras, Dinamite foi deputado estadual no Rio de Janeiro por cinco mandatos consecutivos (1995-2015). O ex-craque também foi presidente do Vasco entre 2008 e 2014, período em que o clube conquistou seu último título nacional, a Copa do Brasil de 2011, mas também foi rebaixado duas vezes (2008 e 2013) para a Série B.

Em 2022, Dinamite admitiu que se arrependia de ter assumido a presidência do clube cruzmaltino.

Há 10 dias, o ex-craque publicou uma homenagem a Pelé no Instagram: “Triste com sua partida, meu ídolo. O melhor dos melhores! Referência dentro do futebol para todos nós jogadores.

Tenho muito orgulho de ter conhecido você e vestido a mesma camisa 10 que você imortalizou com tanta maestria. Obrigado por tudo! A saudade já é grande”. (ANSA).

Fonte: ESPN

Foto: Divulgação