Pollyanna Dutra propõe utilização de emendas impositivas para auxílio à saúde e à economia da PB

Por - em 3 dias atrás 23

Somando os 36 deputados estaduais, emendas chegam a um total de R$ 108 milhões

 

A deputada estadual Pollyanna Dutra propôs a utilização das emendas impositivas para o auxílio à saúde e à economia da Paraíba, como medida de redução do impacto em ambos os setores devido ao coronavírus. A parlamentar expôs sua ideia durante a reunião online da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), da qual é vice-presidente, que reuniu parlamentares e representantes de entidades voltadas aos mais diversos setores do comércio.

Para Dutra, é necessário destacar o impacto do isolamento social para os mais humildes, como pequenos agricultores, feirantes e ambulantes. Em sua opinião, as soluções têm que partir de quem está propondo essa nova agenda. “Eu acredito que as medidas têm que partir de nós. As emendas parlamentares estão em discussão para que elas sejam impositivas, dando a cada deputado pouco mais de R$ 3 milhões para aplicar em todo o estado. Sugiro que esse dinheiro, que soma um total de mais de R$ 100 milhões, seja revertido em parte para a saúde, dentro do que for necessário, e a outra parte em estratégias, que seriam desenvolvidas junto ao governo, para auxiliar os pequenos empreendedores”, sugeriu.

A operacionalização dessa proposta, conforme Pollyanna, seria feita junto à Famup, que ajudaria a identificar, por meio de cadastros, os pequenos empreendedores dos 223 municípios da Paraíba. “Da mesma forma, atuaríamos junto ao Empreender, para concessão de linhas de créditos e também em outras estratégias desenvolvidas junto ao governo. Isso tudo cadastrando todos e com comprovação, para não que esse valor não seja destinado a outros públicos”, destacou.

Pollyanna Dutra ainda sugeriu ações junto à bancada federal para proporcionar a aquisição de produtos dos pequenos agricultores dentro dos programas federais de aquisição de alimentos. A parlamentar deu como sugestão, também, a criação de um comitê formado por diversos órgãos para operacionalizar as soluções, bem como a aproximação das universidades para desenvolvimento de plataformas que melhorem o monitoramento do coronavírus. “Precisamos nos aproximar e trabalhar em conjunto até para entender a real situação e saber como podemos contribuir de forma efetiva para minimizar os efeitos dessa crise mundial”, disse.

Dutra reiterou que este é o momento de pensar em soluções de forma sistêmica, haja vista que o problema da pandemia do coronavírus afeta os mais diversos setores. “Precisamos entender que a crise é na saúde, mas tem várias consequências na economia, do mundo, do Brasil e da Paraíba. Existe, nesse momento, uma grande quantidade de organizações internacionais tratando da saúde, mas precisamos tratar da economia. Precisamos de ideias para instrumentalizar a política e não conseguiremos dar as respostas necessárias nesse momento sozinhos”, completou.

Sobre a reunião

A reunião, que foi a primeira de forma remota da Frente, foi transmitida ao vivo pela TV Assembleia, YouTube e Facebook da ALPB. Ao final da reunião, um documento com todas as deliberações foi desenvolvido e será encaminhado em breve ao governador João Azevedo.

Participaram da reunião virtual os deputados Eduardo Carneiro, presidente da Frente, a deputada Pollyanna Dutra, vice-presidente, os deputados Adriano Galdino, Camila Toscano, Raniery Paulino, Anderson Monteiro e Wilson Filho; o presidente da Associação Comercial de Campina Grande, Marcos Procópio; o presidente da Embaixada de Negócios da Paraíba, Paulo Alves; o presidente do Conselho de Contabilidade da Paraíba, Bruno Sitônio; e o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa