DRIVE THRU: Idosos de João Pessoa vão poder se vacinar sem sair do carro a partir desta terça-feira em três postos de atendimento

Por Edmilson Pereira - em 2 meses atrás 107

A campanha de vacinação contra a influenza, em João Pessoa,  vai ganhar um novo reforço a partir  desta terça-feira, (24).  A Secretaria Municipal de Saúde anunciou a implantação de três pontos de ‘drive thru’, quando o atendimento é feito dentro do veículo. Além dos 68 pontos já instalados, disponibilizados em ginásios de escolas municipais, a população idosa poderá receber a vacina de carro no Parque da Bica e nos Shoppings Mangabeira e Manaíra. A exemplo do que já acontece nos demais pontos de vacinação, a imunização será oferecida exclusivamente à pessoa idosa, o que não impede de ter um acompanhante conduzindo o veículo.

Os pontos de “drive thru” já entram em funcionando a partir de amanhã, das 8h às 12h e das 13h às 16h. Apenas pessoas que estiverem de carro serão atendidas. Agentes de mobilidade farão a organização do fluxo de veículos e os profissionais de saúde, devidamente equipados com insumos de proteção, farão a imunização. “Pedimos a população que não procure todos os postos de atendimento de uma única vez. Temos vacinas suficientes para a atender a todos os idosos e profissionais de saúde, público que também deve ser atendido nesta primeira fase. O ‘Drive thru’ será fundamental no sentido de reduzir ainda mais a aglomeração de pessoas, criando pontos de atendimento exclusivamente para quem pode se dirigir de carro”, explicou a secretária-executiva de Saúde, Ana Giovana.

Em razão das medidas de segurança, apenas automóveis estão autorizados a serem recebidos. Os pontos de entrada, de vacinação e de saída de veículos estarão sinalizados. “A meta é vacinar 90% do grupo prioritário, disponibilizando, ao longo de toda a campanha, 246 mil doses da vacina. Idosos acamados receberão a vacina em casa. Para isso, é preciso ter o cadastro em uma Unidade de Saúde da Família Municipal. Abrigos de idosos de longa permanência também receberão a vacina no local”, explicou Ana Giovana.

Trabalhadores de saúde – Os trabalhadores da área de saúde que trabalham na rede hospitalar serão vacinados em seus locais de trabalho. Serão visitadas 30 instituições de grande porte, entre unidades de pronto atendimento (UPA), hospitais públicos e privados. Já os que não trabalham na rede hospitalar deverão se vacinar em sua USF de referência no turno da manhã.