Veja a lista dos quatro tipos de alimentos que são os piores inimigos da tireoide

Veja a lista dos quatro tipos de alimentos que são os piores inimigos da tireoide

Por Edmilson Pereira - em 1 mês atrás 265

Costuma-se dizer que somos o que comemos e não é, de todo, por acaso. Mas sabia que os alimentos que consome podem exercer grande influência na saúde da sua tiroide?

A tireoide é uma glândula com cerca de cinco centímetros de diâmetro, localizada na face anterior do pescoço, por baixo da maçã de Adão e, apesar de discreta, é fundamental para o corpo humano. As complicações no seu funcionamento podem estar na origem de muitos sintomas inexplicáveis, mas com graves consequências para a saúde.

Por isso, para mantê-la saudável, é importante ter uma dieta equilibrada, que inclua, sobretudo, fontes de fibra, iodo, selênio, zinco e cobre, encontrados em alimentos como peixes, frutos do mar, cereais integrais, ovos e frutos secos. Por outro lado, há alimentos que, quando consumidos em excesso e por muito tempo, podem prejudicar a tireoide.

Os portais Metrópoles e Tua Saúde reuniram uma lista de quatro alimentos inimigos da tireoide. Ei-los:

1- Soja e derivados

A soja e os seus derivados, como leite de soja, tempeh ou tofu, são fontes de fitoestrógenos, nutrientes que desempenham função semelhante à do estrogênio no organismo e que são benéficos para a saúde. No entanto, quando consumidos em grandes quantidades, estes alimentos podem desregular a tireoide e causar hipotireoidismo, uma doença que se caracteriza pela muito fraca produção de hormonas.

Para quem tem hipotireoidismo, é recomendado consumir soja no máximo duas vezes por semana para que não atrapalhe o efeito dos fármacos prescritos pelo endocrinologista.

2- Vegetais crucíferos

Os vegetais crucíferos, como couve-flor, couve, nabo, rabanete, brócolis, repolho ou couve de Bruxelas, são ricos em antioxidantes fundamentais para a prevenção de inúmeras doenças. No entanto, também contêm glucosinolatos, compostos que diminuem a produção de hormônios na tireoide, podendo causar hipotireoidismo em indivíduos que consomem pouco iodo.

Os vegetais crucíferos podem e devem ser incluídos na alimentação, mas sem exageros e, de preferência, de uma a duas vezes na semana.

3- Alimentos processados 

Os alimentos processados, como carnes defumadas, molhos prontos, gelados e salgados contêm conservantes que, em excesso, atrapalham a absorção do mineral iodo pela tireoide e podem causar hipotireoidismo. O consumo excessivo de alimentos processados é também uma das principais causas do aumento de peso e gordura corporal. O excesso de gordura no corpo gera inflamação em vários órgãos, dificultando a absorção de iodo na tireoide, e também pode contribuir para o hipotireoidismo.

4- Farinhas e açúcar refinados

O consumo excessivo de açúcar de alimentos como doces, bolos e sorvetes, e farinhas refinadas, presentes no pão e arroz, pode causar resistência à insulina e desencadear diabetes. Esta alteração também pode provocar o aparecimento de nódulos ou até mesmo de câncer na tireoide.

tireoide é uma glândula localizada na altura do pescoço, que produz hormônios responsáveis pelo controle do organismo. A tireoide é uma glândula localizada na frente dos anéis da traqueia, entre o pomo de Adão e a base do pescoço e pesa entre 15 e 25 gramas no adulto.