Senadores Veneziano e Nilda Gondim indicam R$ 3 milhões em emendas para a conclusão do Hospital da Criança e do Adolescente de Campina Grande

Senadores Veneziano e Nilda Gondim indicam R$ 3 milhões em emendas para a conclusão do Hospital da Criança e do Adolescente de Campina Grande

Por Edmilson Pereira - em 6 dias atrás 112

Os senadores Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) e Nilda Gondim (MDB-PB) indicaram a destinação de R$ 3 milhões em emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União – OGU 2023 para a conclusão e funcionamento do Hospital Municipal da Criança e do Adolescente de Campina Grande. A informação foi comunicada pelo próprio Veneziano ao prefeito da cidade, Bruno Cunha Lima.

O hospital, localizado próximo ao Ginásio de Esportes “O Meninão”, chegou a ser apresentado como concluído no final de 2019, mas nunca funcionou. A obra, para ser concluída, necessitará de investimentos aproximados de R$ 15 milhões. A destinação dos recursos necessários à sua conclusão foi um dos 15 pedidos apresentados à bancada paraibana. Com isso, Veneziano e Nilda Gondim decidiram pela destinação, considerando a importância da obra.

Quando prefeito de Campina Grande, Veneziano implantou o Hospital Municipal da Criança e do Adolescente Severino Bezerra de Carvalho, inaugurado em junho de 2012. O hospital existe até hoje, na Avenida Floriano Peixoto, onde funcionou o antigo hospital ‘Mater-Dei’.

O centro médico é responsável pelo atendimento de casos clínicos eletivos e de urgência de crianças e adolescentes. Na sua fase de implantação, foi equipado com 80 leitos para internação, sendo 70 divididos por faixa etária, UTIs neonatal e infantil e 10 para observação. Três meses depois de sua implantação, o hospital passou a realizar cirurgias eletivas nas áreas de cirurgia geral, cirurgia pediátrica, aparelho digestivo, coloproctologia, cirurgia vascular, ortopedia (pacientes não traumáticos), cabeça, pescoço, ginecologia e urologia.

Na época, o Hospital Municipal da Criança e do Adolescente Severino Bezerra de Carvalho atendia as necessidades da população. Porém, atualmente, a demanda aponta a necessidade de um local maior.

Fonte e Foto: Assessoria de Imprensa