Policial Militar que não estava de serviço tenta conter briga e termina morto com dois tiros no tórax em vaquejada no município de Aguiar

Policial Militar que não estava de serviço tenta conter briga e termina morto com dois tiros no tórax em vaquejada no município de Aguiar

Por Edmilson Pereira - em 2 semanas atrás 435

O policial Militar da Paraíba, Francisco Salviano da Silva (Neudinho), 56 anos de idade, foi assassinado a tiros, por volta da 1h da madrugada deste domingo (19), durante uma vaquejada no município de Aguiar-PB, no Vale do Piancó.

O militar não estava de serviço e foi tentar conter uma pessoa, que efetuou disparo de arma de fogo para o alto e estaria ameaçando a vida dos participantes no local. Durante a abordagem, outro suspeito se aproximou e acertou dois tiros no tórax, um na axila, um no braço e outro na perna do PM, em seguida a dupla fugiu.

O policial foi socorrido para o Hospital Regional de Piancó, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Várias viaturas da polícia e dezenas de policias militares tentam capturar os suspeitos, que segundo informações, um deles é natural de Aguiar e outro da cidade São José de Piranhas-PB.

O militar morto estava há 32 anos na Corporação, pertencia a 3º CIA do 13º BPM, gozava do respaldo militar e era exemplar no trabalho.

O PM Francisco Salviano da Silva deixa viúva e seis filhos, natural da cidade de Igaracy, também era funcionário municipal e maestro da banda filarmônica da cidade.