PF realiza Operação Robocop na Paraíba para desarticular organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas

PF realiza Operação Robocop na Paraíba para desarticular organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas

Por - em 12 meses atrás 432

A Polícia Federal, com apoio da Força – Tarefa, FT-Susp/PB, deflagrou nesta terça-feira (14) a Operação Robocop, com o objetivo de desarticular associação criminosa destinada ao tráfico de drogas nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Picuí, além de Porto Velho/RO.

A ação conta com a participação de aproximadamente 34 policiais federais, que cumprem 12 ordens judiciais de busca e apreensão domiciliar e 2 mandados de prisão preventiva de integrantes de associação criminosa.

Foram cumpridos 5 MBA em João Pessoa, sendo 3 em Mangabeira e 2 no Bessa e 2 em Campina Grande, no presídio Serrotão.

As investigações se iniciaram a partir das diversas prisões em flagrante ocorridas no Aeroporto Castro Pinto, em Bayeux/PB, que, com o aprofundamento, culminaram na identificação dos fornecedores do material entorpecente para a capital paraibana, além da individualização de possíveis destinatários.

Os investigados responderão pelos crimes de tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico, cujas penas máximas somadas podem chegar a mais de 25 anos de reclusão.

A investigação foi chamada de “Robocop” em alusão ao “modus operandi” dos criminosos, que enfaixavam o material entorpecente no corpo do transportador da droga, as conhecidas “mulas”, dificultando a sua locomoção.

A Força-Tarefa de combate ao crime organizado do Sistema Único de Segurança Pública da Paraíba (FT-Susp/PB) é composta por policiais federais, policiais rodoviários federais, agentes da Polícia Penal Federal, policiais civis, policiais militares e policiais penais do estado da Paraíba.

Fonte: Assessoria de Comunicação – PF/PB