O Vasco está sem treinador, Zé Ricardo pede demissão e deixa comando do time cruzmaltino

O Vasco está sem treinador, Zé Ricardo pede demissão e deixa comando do time cruzmaltino

Por - em 4 semanas atrás 147

Zé Ricardo não é mais o comandante do time do Vasco. O Treinador pediu demissão para assumir o comando técnico do Shimizu S-Pulse, do Japão. O clube de São Januário foi pego de surpresa com o pedido de demissão entre a noite de sábado (4) e a manhã de hoje (5). Segundo pronunciamento do gerente executivo de futebol do Vasco, Carlos Brazil, o treinador, o auxiliar Cléber dos Santos e o preparador físico Fábio Eiras receberam proposta de outro clube.

O time carioca já tem compromisso pela Série B do Campeonato Brasileiro nesta terça (07). A equipe viaja a Recife para encarar o Náutico. Segundo Brazil, a diretoria está trabalhando para escolher um novo técnico. Enquanto isso, o Vasco será comandado à beira do gramado pelo auxiliar Emílio Faro, da comissão permanente do clube.

A saída de Zé Ricardo surpreende pelo bom momento vivido pelo time no campeonato. É o único invicto, com quatro vitórias e seis empates e ocupa a quarta posição na Série B (posição que garante o acesso), com 18 pontos. Em sua segunda passagem pelo clube, o técnico fez 25 partidas, com 12 vitórias, oito empates e cinco derrotas. A equipe caiu nas semifinais do Campeonato Carioca e teve uma eliminação surpreendente na segunda fase da Copa do Brasil, diante da Juazeirense, da Bahia.

Com o coração apertado, venho anunciar minha saída do Club de Regatas Vasco da Gama. Gostaria de agradecer, de início, ao presidente Jorge Salgado pela honestidade e confiança que sempre mostrou em meu trabalho e pelo suporte dado durante todo esse período, ao grupo extraordinário de atletas e homens, pelos quais terei sempre a maior admiração, carinho e respeito, e a todos os demais funcionários do clube, em especial do CT Moacyr Barbosa. Sem dúvida, deixo um lugar com o ambiente extremamente profissional, onde construímos uma verdadeira família. Foram meses intensos, de muito trabalho e dedicação. À imensa e apaixonada torcida vascaína, também deixo o meu muito obrigado por tudo que vem fazendo durante os jogos. Poucas vezes vi uma sintonia e energia como as que São Januário vinha nos proporcionando. Com vocês ao lado e jogando junto, tenho certeza que o objetivo maior ficará mais próximo de ser alcançado.

Sobre o futuro, em um momento de tantas incertezas e indefinições, como é muito comum no meio do futebol, acabei aceitando o convite do Shimizu S-Pulse, da elite japonesa, onde ficarei pelos próximos dois anos. Um novo desafio na minha carreira, em um país tão elogiado por sua cultura e tradição.

Mesmo de longe, seguirei na torcida para que o Vasco siga sua bela e gloriosa história. A semente está plantada e espero ver ao final do ano aquilo que todo vascaíno deseja e sonha, o retorno à elite do futebol brasileira, seu devido lugar

Saudações vascaínas!

Zé Ricardo