Israel detecta primeiro caso de ‘flurona’, dupla infecção de Covid e influenza diagnosticada em uma jovem grávida

Por Edmilson Pereira - em 3 semanas atrás 104

O primeiro caso de uma rara mistura de duas doenças, gripe e Covid-19, apelidada de “flurona”, foi detectado em Israel. Relatórios locais disseram que a paciente era uma jovem grávida, que estava no hospital, embora tivesse apenas sintomas leves.
“Ela foi diagnosticada com gripe e coronavírus assim que chegou”, disse Arnon Vizhnitser, diretor do departamento de ginecologia do Hospital Beilinson na cidade de Petah Tikva.
As autoridades de saúde israelenses estudam o caso para determinar se a combinação causa maior gravidade da doença. Esta é a primeira ocorrência documentada de “flurona” detectada no mundo, mas os médicos acreditam que poderia haver mais infecções do tipo no país.

O professor Arnon Vizhnitser falou sobre o assunto ao jornal local Hamodia:

— Ambos os testes deram positivo, mesmo depois de verificarmos novamente. A doença é a mesma. Elas são virais e causam dificuldade para respirar, pois ambos atacam o trato respiratório superior —  explicou, dizendo que a mulher deve receber alta na quinta-feira.

Segundo o médico, casos de mulheres grávidas com gripe tem sido frequentes no hospital.

— É definitivamente um grande desafio lidar com uma mulher que chega com febre no parto. Isso é especialmente quando você não sabe se é coronavírus ou gripe, então você se refere a eles da mesma forma. A maior parte das doenças é respiratória — relatou.

O fato ocorreu depois que o ministro da Saúde de Israel disse nesta sexta-feira que o país está estendendo sua oferta de uma quarta dose de vacina para idosos em instituições de cuidados.

O Ministro da Saúde Nitzan Horowitz anunciou a mudança, citando sua alta exposição e vulnerabilidade a infecções.

Israel já havia estendido o lançamento da quarta dose para pessoas com imunidade enfraquecida, tornando-se um dos primeiros países a fazê-lo, na esperança de conter o aumento de casos impulsionado pela variante Omicron.

O país vive um surto de casos, com mais de 5 mil casos registrados ontem. Houve 1.376.256 infecções e 8.243 mortes relacionadas ao coronavírus relatadas em Israel desde o início da pandemia.

Fonte: Paraíba Notícia e o Globo