Foi suado e com gol nos acréscimos, Palmeiras bate o América-MG e conquista o bi da Copinha São Paulo

Foi suado e com gol nos acréscimos, Palmeiras bate o América-MG e conquista o bi da Copinha São Paulo

Por Edmilson Pereira - em 1 dia atrás 73

Foi suado, mas o Palmeiras bateu o América-MG por 2 a 1 faturou o bicampeonato da Copinha. Com gol de Patrick, já nos acréscimos, o Verdão bateu os mineiros pelo placar de 2 a 1, depois de persistir o empate desde a primeira etapa, quando Ruan Ribeiro e Renato Marques anotaram os gols. Agora o Alviverde pode comemorar o bicampeonato do torneio mais tradicional da base.

Mesmo jogando para uma esmagadora maioria de torcedores adversário, o América-MG tomou a iniciativa nos primeiros minutos de jogo e foi para cima do Palmeiras, sempre levando perigo. Mas o time da casa conseguiu equilibrar as ações e teve uma grande chance com Vitinho. Na sequência, os mineiros responderam com uma sequência de três oportunidades que a defesa palmeirense salvou. Pouco tempo depois, Vitinho deixou Ruan Ribeiro livre para abrir o placar no Canindé. 1 a 0.

Depois da abertura do placar, o Palmeiras parecia buscar a administração do resultado e do calor. Já o América-MG buscava voltar para a partida aos poucos. Adyson mandou no travessão após desvio do goleiro Aranha. Ao mesmo tempo, o Alviverde chegava pouco e viu o volante Léo fazer pênalti em Adyson (sempre ele). Na cobrança, Renato Marques converteu para a empatar. 1 a 1. A partir dali, os ânimos com a arbitragem esquentaram até o final da primeira etapa da decisão.

No retorno dos vestiários, o Verdão entrou em campo com Patrick no lugar de Léo, mas as coisas pouco mudaram, já que o América-MG seguiu perigoso. Foram mais de cinco minutos sem que os donos da casa conseguissem sair da defesa. No entanto, o cenário foi melhorando quando Kevin e Estevão assumiram o protagonismo e tiveram algumas chances de desempatar, incluindo uma bola na trave de Kevin. O forte calor e o desgaste natural começavam a falar mais alto no Canindé.

O Alviverde seguiu melhor na partida, mas sem tanto ímpeto. Numa das oportunidades de ficar novamente em vantagem, Gilberto lançou Vitinho na área, mas o atacante desviou para fora do gol. Na sequência, Paulinho arriscou um chute cruzado e assustou o goleiro Aranha. O desfecho positivo, porém, ficaria para os últimos minutos. Aos 47′, em cobrança de escanteio, um bate e rebate na área do América fez a bola sobrar para Patrick, de cabeça, fazer 2 a 1. O gol do título.

Com uma campanha perfeita de novo jogos e nove vitórias, o Verdão se sagrou bicampeão da Copinha, competição na qual sustenta uma sequência de 15 vitórias consecutivas. Além disso, marcou 30 gols e sofreu apenas quatro na edição 2023, na qual teve o artilheiro Ruan Ribeiro com nove gols. Taça corrobora com a série de títulos que a base do clube vem conquistando.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 2 x 1 AMÉRICA-MG

Local: Canindé, em São Paulo (SP)

Data-Hora: 25/1/2023 – 15h30 (de Brasília)

Árbitro: Fabiano Monteiro dos Santos

Assistentes: Raphael de Albuquerque Lima e Henrique Perinelli Oliveira

VAR: Marcio Henrique de Gois

Público: 17.552 torcedores/R$ 683.610,00

Cartões amarelos: Pedro Lima e Léo (PAL) Theo e Luan Campos (AME)

Cartões vermelhos: –

Gols: Ruan Ribeiro (17’/1ºT) (1-0), Renato Marques (41’/1ºT) (1-1), Patrick (47’/2ºT) (2-1)

PALMEIRAS: Aranha; Edney, Henri, Talisca e Gustavo Mancha (David Kauã, aos 6’/2ºT); Léo (Patrick, no intervalo), Pedro Lima e Estevão (Gilberto, aos 25’/2ºT); Vitinho, Kevin (Daniel, aos 41’/2ºT) e Ruan Ribeiro (Thalys, aos 25’/2ºT).

Técnico: Paulo Victor Gomes

AMÉRICA-MG: Cássio; Samuel, Jonathan (Rafa Barcelos, aos 38’/2ºT), Júlio e Paulinho; Breno (Heitor, aos 38’/2ºT) Matheus Henrique e Theo (Kanté, aos 44’/2ºT); Adyson, Luan Campos e Ricardo Marques.

Técnico: Mayron César.

Fonte: Revista IstoÈ