Em jogo de 4 expulsões, Fluminense derrota e acaba com invencibilidade de 19 jogos o Flamengo

Em jogo de 4 expulsões, Fluminense derrota e acaba com invencibilidade de 19 jogos o Flamengo

Por - em 1 semana atrás 162

Um Fla-Flu extremamente movimentado. O clássico deste domingo n(18) foi daqueles de emoção pura e que terminou com 2 a 1 para os tricolores. Com os dois times tendo chances de gol, foi o Fluminense quem abriu o placar, com Ganso, de pênalti, ainda no primeiro tempo. A segunda etapa teve ainda mais intensidade.

O Flu aumentou a vantagem com Nathan, de cabeça, e o Flamengo diminuiu com Gabigol. Depois disso, o clima – que já estava aquecido – ficou quente de vez. A confusão envolvendo jogadores dos times culminou com a expulsão de dois jogadores de cada lado.

A equipe comandada por Fernando Diniz chega aos 48 pontos e assume a vice-colocação do Brasileirão – ainda pode ser ultrapassado pelo Internacional no decorrer da rodada. O Flamengo, com 45, está na 4ª colocação.

Por conta da Data Fifa, as equipes terão um intervalo de 11 dias até o próximo jogo. Ambos os times só voltam aos gramados no dia 28, uma quarta-feira, às 19h. O Flamengo enfrentará o Fortaleza no Castelão; o Fluminense medirá forças com o Juventude no Maracanã.

Clima do jogo

A partida começou quente. Antes mesmo do primeiro lance de perigo para qualquer uma das equipes, David Braz, do banco de reservas, foi expulso. O zagueiro do Fluminense reclamou muito após a marcação de um lateral para o Flamengo.

Em campo, o Fluminense não abriu mão da filosofia de jogar curto e sair jogando com toques desde o campo de defesa. O Flamengo pressionava alto e em uma das oportunidades roubou a bola perto da pequena área, mas Gabi não conseguiu finalizar. Outro lance de perigo foi quando Pedro achou Arrascaeta com um passe digno de camisa 10, mas o uruguaio parou em boa defesa de Fábio.

Foram os tricolores, porém, que terminaram o primeiro tempo felizes. Já na reta final, André lançou Matheus Martins. O garoto finalizou fraco, mas Santos não defendeu. No rebote, Cano foi derrubado por Léo Pereira dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Ganso abriu o placar.

Grande atuação do goleiro Fábio

O Flamengo voltou do intervalo querendo correr atrás do prejuízo e pressionando o rival, mas o Rubro-Negro parou em Fábio. O goleiro do Fluminense fez, no mínimo, duas boas defesas em chutes de De Arrascaeta e foi fundamental para manter a vantagem do Tricolor.

O Fluminense cresceu no jogo com o passar do tempo e passou a colocar o estilo de jogo de toques. O Tricolor dobrou a vantagem com uma pitada de ‘malandragem’. Ganso cobrou rápido uma falta que sofreu no meio-campo, Cano recebeu com liberdade, driblou Santos e cruzou. A bola sobrou do outro lado e, em novo cruzamento, Nathan apareceu livre para cabecear.

Dorival Júnior lançou o time para frente e o Flamengo não demorou para dar uma resposta. Minutos depois do gol do Fluminense, Gabi aproveitou uma confusão dentro da área e, em bate-rebate, completou para o fundo das redes. A torcida passou a empurrar acreditando numa reação.

Confusões e expulsões 
O clima esquentou de vez na reta final do jogo. Marinho, Felipe Melo e Manoel se estranharam por conta de uma falta no campo de ataque do Flamengo e a confusão foi instaurada de vez, com discussões e até empurrões. Dos três, apenas o volante do Fluminense não foi expulso.

Não parou por aí. Neste mesmo balaio, Caio Paulista e Éverton Cebolinha também se envolveram em outra confusão. O atacante do Flamengo botou as mãos no pescoço do lateral tricolor, que revidou com uma tentativa de cabeçada. Os dois também foram expulsos.

O Flamengo tentou, martelou e até teve uma chance clara – Victor Hugo desperdiçou um chute livre dentro da pequena área -, mas não furou o bloqueio do Fluminense na reta final do jogo. Melhor para os tricolores, que conseguiram uma importante vitória e espantaram qualquer possibilidade de crise.

FICHA TÉCNICA
Flamengo x Fluminense

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Horário: 18/09/2022, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Danilo Simon Manis (SP) e Rodrigo Corrêa (RJ)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira (SP)
Gramado: Bom
Público e renda: 55.170 presentes / R$ 2.720.364,50
Cartões amarelos: Gabi (FLA); David Braz [no banco], André, Fábio, Nathan e Samuel Xavier (FLU)
Cartões vermelhos: Marinho e Éverton Cebolinha (FLA); David Braz [no banco], Manoel e Caio Paulista (FLU)

Gols: Ganso (0-1, 44’/1ºT); Nathan (0-2, 30’/2ºT); Gabi (1-2, 36’/2ºT)

Foto: Armando Paiva / Lancepres