Defesa Civil Nacional alerta para previsão de chuvas intensas em quatro estados do Nordeste, incluindo a região litorânea da Paraíba

Defesa Civil Nacional alerta para previsão de chuvas intensas em quatro estados do Nordeste, incluindo a região litorânea da Paraíba

Por - em 2 meses atrás 305

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Defesa Civil Nacional, alerta para a previsão de chuvas intensas na região Nordeste ao longo desta quarta (15) e toda esta quinta-feira (16).  Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os estados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Paraíba devem ser os mais afetados.

De acordo com o Inmet, os acumulados de chuvas podem ser superiores a 60 milímetros por hora ou 100 milímetros por dia. Com isso, há risco elevado de alagamentos, deslizamentos de encostas, transbordamentos de rios e queda de galhos de árvores.

Diante da previsão, o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) opera com equipes de plantão para acompanhar o registro de qualquer ocorrência significativa e já comunicou as defesas civis estaduais do risco.

O coordenador-geral de Gerenciamento de Desastres da Defesa Civil Nacional, Tiago Molina Schnorr, pede para que a população fique atenta às informações oficiais e aos locais onde serão divulgados os alertas, além de adotar as medidas de autoproteção. “Quem mora em região com risco de inundação, precisa ficar atento a qualquer sinal de avanço da água, inclusive, dos rios. Já quem mora em locais com risco de deslizamentos, precisa verificar o aparecimento de trincas nas paredes e tomar cuidado com qualquer movimentação do terreno. Diante de qualquer indício é preciso sair da residência imediatamente e procurar um local seguro”, observou.

Alagoas

Em Alagoas, a situação das fortes chuvas é crítica. Segundo a Defesa Civil estadual, a Região Metropolitana de Maceió registrou acumulado de 100 milímetros nas últimas 12h. O mesmo ocorreu na Zona da Mata e no Sertão alagoano. As chuvas causaram encharcamento do solo costeiro, aumentando o risco de deslizamentos de terra.

De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do estado, o nível do rio Paraíba já atingiu, nesta quarta (15), a cota de atenção no município de Paulo Jacinto. A tendência é de elevação, com necessidade de monitoramento contínuo dos municípios de Paulo Jacinto, Viçosa, Cajueiro, Capela e Atalaia.

Além disso, o nível dos rios Mundaú, Rio São Miguel, Coruripe, Jequiá e Conduípe está em elevação. Também há possibilidade de transbordamento de pequenos rios e riachos das regiões do litoral do estado.

Fonte: Paraíba Notícia e MDR