CPF cancelados, dois acusados pela morte de Sargento da Polícia Militar da Paraíba são mortos em confronto com a PM em Aguiar

CPF cancelados, dois acusados pela morte de Sargento da Polícia Militar da Paraíba são mortos em confronto com a PM em Aguiar

Por Edmilson Pereira - em 2 semanas atrás 1125

Dois homens acusados pela execução do policial militar da Paraíba,  o Sargento Salviano, fato acontecido na madrugada desse domingo (19) durante uma vaquejada, no município de Aguiar, Vale do Piancó, no Estado da Paraíba, foram mortos na madrugada desta segunda-feira (20) num confronto com guarnições da Polícia Militar do Estado.

Desde que foram informados, ainda nesse domingo, da morte do sargento Salviano, os militares estavam tentando capturar quatro fugitivos, que após o crime fugiram do local e estavam escondidos.  Durante as buscas, a PM  recebeu informações  que dois homens  estariam escondido na cidade de Aguiar-PB.

Os PMs foram até ao local,  conhecido como casa bar, a dois quilômetros da sede cidade. A chegarem ao local informado os PMs  foram recebidos à bala, o que levou a PM revidar a ação dos meliantes.  Após o tiroteio, os dois suspeitos saíram feridos e foram levados para o Hospital de Itaporanga, mas não resistiram e morreram.

Um dos mortos é natural de Aguiar-PB e o outro da cidade de São José de Piranhas-PB. Outros dois  suspeitos de envolvimento na morte do policial são da cidade de Aguiar, seguem foragidos.

A PM continua na captura.  Em poder dos dois suspeitos mortos no confronto a Polícia Militar foram apreendidos um revólver, uma pistola e munições.

Segundo informações da PM, os quatro envolvidos na morte do militar, possuem passagens pela polícia, por vários crimes. O fato deverá ser registrado na Delegacia de Polícia Civil de Piancó-PB.

Todo a ação policial que resultou na captura dos dois homens suspeitos pela execução do Sargento Salviano foi comandada pelo Tenente Coronel Douglas (CMT do 13º BPM.

Após a prática criminosa, os assassinos A.L.F.S., vulgo André, 34 anos e F.L.S.B., vulgo Brasil, 27 anos de idade, fugiram a pé para a zona rural do município de Aguiar, daí, militares do 13° Batalhão iniciaram as buscas no intuito de prende-los pelo crime praticado.

Foram mobilizados diversos agentes de segurança e várias viaturas, além da Aeronave Acauã do Grupamento Tático Aéreo da Polícia Militar da Paraíba, prestando fundamental apoio nas diligências.

Vários pontos de bloqueios foram montados em toda extensão territorial, rural e urbana dos municípios de Aguiar e Igaracy, impedindo que os causadores da crise conseguissem fugir para uma outra localidade mais distante.

Foram apreendidas duas armas de fogo, sendo uma pistola calibre 9mm e um revólver calibre 38.

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia Civil na cidade de Itaporanga, sendo que as diligências continuam para tentar prender outros acusados de participação no crime.

Fone: Paraíba Notícia com informações do Portal Valenewspb