Atlético-MG derrota o Athletico-PR e abre 11 pontos de vantagem do Flamengo

Por Edmilson Pereira - em 3 semanas atrás 72

Zaracho

Em uma partida com clima tenso, pouca criatividade e confusões no campo e nas arquibancadas, o Atlético deu mais um importante passo rumo ao título do Campeonato Brasileiro, na tarde desta terça-feira. Com gol de Matías Zaracho, o Galo fez 1 a 0 no Athletico-PR – que jogou com os reservas por conta da proximidade da final da Copa Sul-Americana -, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 33ª rodada.

Com a vitória, o líder Atlético pula para 71 pontos – 11 a mais que o segundo colocado Flamengo e 13 à frente do Palmeiras, que ocupa o terceiro lugar. Já o Athletico-PR se mantém em 11º, com 41, mas pode ser ultrapassado por Santos e Cuiabá nesta quarta-feira.
O Atlético volta a campo pela 34ª rodada neste sábado, no Mineirão. Às 19h, a bola rola para o duelo diante do Juventude. Já a partida do Athletico-PR contra o São Paulo foi adiada para a próxima quarta, às 21h30, no Morumbi, justamente em função da finalíssima da Copa Sul-Americana.
A decisão continental entre a equipe paranaense e o Red Bull Bragantino está marcada para este sábado, às 17h. Os times se enfrentam no histórico estádio Centenário, em Montevidéu, capital do Uruguai.

Raras foram as grandes chances criadas ao longo do primeiro tempo. Reserva, o Athletico-PR até arrancou alguns suspiros da torcida em jogadas individuais, mas exigiu apenas uma defesa importante de Everson. Já o desfalcado Atlético teve pouquíssima inspiração.

O gol do jogo saiu aos 44 minutos, após uma bonita tabela entre Keno – destaque da partida – e Hulk. O ponta iniciou o lance, recebeu na linha de fundo e cruzou rasteiro para Matías Zaracho. Livre no meio da área, o argentino só empurrou para as redes, para vibração dos alvinegros que foram em bom número à Baixada – entre eles  o ex-atacante Renaldo .
Em um primeiro tempo de pouca inspiração, o que chamou muita atenção foi o clima tenso em campo. Diego Costa e Zé Ivaldo se desentenderam em uma jogada na linha de fundo, que resultou em cartão amarelo para o centroavante alvinegro; depois, Jair e Carlos Eduardo se estranharam e também foram advertidos.
A tensão do campo se refletiu nas arquibancadas com proporções muito maiores. Assim que a bola rolou para o segundo tempo, alvinegros e rubro-negros, ainda que separados por uma barreira de acrílico, iniciaram uma briga. Depois de alguns minutos, o policiamento chegou, e os ânimos se acalmaram. A partida chegou a ser interrompida por conta da confusão.
Quando o jogo foi reiniciado, Hulk marcou um golaço de cobertura, aos sete minutos, mas o lance foi invalidado por impedimento. Com a vantagem no placar, o Atlético pouco sofria defensivamente e chegou até a acertar uma bola na trave com Keno. A partida parecia nas mãos do time alvinegro.
E estava mesmo. Com mais posse de bola e muita segurança defensiva, o Atlético manteve a vantagem até o fim. Festa da torcida alvinegra nas arquibancadas e título brasileiro cada vez mais perto.

ATHLETICO-PR 0 X 1 ATLÉTICO

Athletico-PR
Bento; Zé Ivaldo, Lucas Fasson e Nicolas (Pedrinho, aos 28′ do 2ºT); Khellven, Christian, Juninho e Márcio Azevedo (Erick, aos 34′ do 2ºT); Carlos Eduardo (Guilherme Bissoli, aos 21′ do 2ºT), Jader (Jaderson, aos 21′ do 2ºT) e Pedro Rocha (Rômulo, aos 34′ do 2ºT)
Técnico : Alberto Valentim
Atlético
Everson; Guga (Mariano, aos 43′ do 2ºT), Nathan Silva, Réver e Dodô; Allan (Igor Rabello, aos 41′ do 2ºT), Jair e Zaracho; Hulk (Eduardo Sasha, aos 41′ do 2ºT), Keno (Dylan, aos 34′ do 2ºT) e Diego Costa (Nathan, aos 33′ do 2ºT)
Técnico : Cuca
Motivo : 33ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local : Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data e horário : terça-feira, 16 de novembro de 2021, às 16h (de Brasília)
Gol : Matías Zaracho, aos 44′ do 1ºT (ATL)
Cartões amarelos: Carlos Eduardo, aos 40′ do 1ºT (ATH); Diego Costa, aos 37′, e Jair, aos 40′ do 1ºT (ATL)
Árbitro : Sávio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes : Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)
VAR : Daniel Nobre Bins (RS)
Fonte: Paraíba Notícia com Estado de Minas