Unimed JP destaca importância de mães voluntárias na doação do leite materno

Por Edmilson Pereira - em 2 meses atrás 110

Doar leite materno pode salvar muitas vidas. Bebês prematuros que estão internados e não podem ser alimentados pelas próprias mães conseguem ganhar peso, ficar mais saudáveis e encurtar o tempo de internação hospitalar, graças ao empenho de mulheres que fazem a doação de leite humano.

Uma dessas voluntárias é a servidora pública Manuella Souto, 37 anos. Todos os dias, ela coleta o leite excedente e, uma vez na semana, a equipe do Posto de Coleta de Leite Humano do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, unidade própria da Unimed João Pessoa, vai até a residência da servidora para pegar a doação.

Manuella falou do sentimento de doar o seu leite para crianças prematuras. “Saber que eu estou oferecendo um leite nutritivo e extremamente adequado a outras crianças me motiva a doar. Eu sei que têm mães ansiosas para que o seu bebê ganhe peso e se recupere o mais rápido possível para sair do hospital. Fico feliz em ajudar essas pessoas”, afirmou.

Considerado um alimento completo, o leite materno possui cerca de 250 substâncias bioativas, além de proteínas, vitaminas, gorduras, açúcares e água. Toda essa composição é capaz de suprir as necessidades calóricas e nutricionais do bebê.

O leite materno é ainda mais importante para a recuperação dos bebês prematuros, segundo a médica neonatologista Fátima Barbosa, que integra a equipe do Hospital Alberto Urquiza Wanderley. “O leite ajuda a melhorar a evolução do quadro clínico dos bebês nas UTIs. Além dos nutrientes, possui fatores imunológicos ativos, que contribuem com a defesa do organismo”, explicou.

POSTO DE COLETA
Para receber o leite materno doado, o Hospital Alberto Urquiza Wanderley disponibiliza um posto de coleta e uma equipe especializada para atender às mães doadoras, sejam elas clientes da Cooperativa ou não. O posto é vinculado ao Banco de Leite Anita Cabral, que faz parte da rede estadual de saúde e atende toda a comunidade.

Esse leite doado beneficia não só recém-nascidos internados na UTI Neonatal ou na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (Ucin) do hospital, mas também crianças que estejam em outras unidades hospitalares da Capital. Por isso, a importância da doação do leite humano.

Localizado no quinto andar, no posto são fornecidas informações sobre a doação do leite e também sobre a amamentação. As mães que não estejam no hospital e queiram doar, podem ligar para os telefones 2106-0352 ou 2106-0393.

Após o primeiro contato, é marcado um horário para uma visita à doadora, em que a equipe ensina como armazenar o leite em recipiente adequado e, semanalmente, faz a coleta na casa da mulher.

Quem pode doar?
Qualquer mulher que amamenta é uma possível doadora de leite humano, basta estar saudável e não tomar nenhum medicamento que interfira na amamentação.

Quais as vantagens na doação?

• Manter a produção do leite
• Prevenir o ingurgitamento mamário e mastite
• Aliviar a sensação de mamas cheias
• Aliviar o gotejamento das mamas.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Unimed JP