Servidor do DER que trabalhava na ponte entre Mangabeira e Valentina morre de Covid-19; ASSEDER cobra do governo imediata paralisação de obras realizadas pelo Estado

Por Edmilson Pereira - em 1 semana atrás 128

A Associação dos Servidores do Departamento de Estradas e Rodagens da Paraíba (ASSEDER) vai solicitar ao governador João Azevêdo (Cidadania) a imediata paralisação de todas as obras de construção civil no Estado, como também de todos os trabalhos desenvolvidos pelas residências rodoviárias, terminais rodoviários e divisão industrial do DER, no Estado.

A decisão da ASSEDER foi manifestada em nota assinada neste domingo (17), após a morte do servidor José Jagaban de Pádua Freire, funcionário do quadro efetivo, em pleno exercício profissional e integrando a equipe de técnicos de obra do DER, na construção da ponte que liga os bairros de Mangabeira e Valentina, em João Pessoa.

A Associação dos Servidores do Departamento de Estradas e Rodagens da Paraíba denuncia que apesar da recomendação do isolamento social determinado pela Organização Mundial de Saúde, e dos decretos do governo do Estado, reiteradamente prorrogados pelo governador João Azevedo, os servidores do DER continuam trabalhando em obras e outras atividades do órgão. “Por conseguinte, a morte do estimado servidor revela omissão da administração pública estadual, por não adotar as medidas antecipadas e necessárias para a proteção da vida”, reforça a ASSEDER.

A ASSEDER, destaca na nota divulgada neste domingo, que “Mesmo diante das pressões externas direcionadas ao Governo do Estado, as quais escondem interesses obscuros e genocidas, pondo em risco a sobrevivência dos trabalhadores, cobramos das autoridades estaduais uma postura radical em defesa de todos os trabalhadores da Paraíba”.

Nota do SINSDER

A Direção Do SINSDER – PB recebeu com grande pesar, a triste notícia do falecimento do companheiro JOSÉ JANGABAM, Topógrafo do DER-PB, e onde passou pela Direção deste Sindicato, ocorrida nesta manhã de Domingo as 9:00h.
Prestamos nossas condolências e solidariedade aos familiares, amigos(as) e companheiros(as),
Jangabam faleceu no Hospital São Luís,  com suspeita do COVID-19. O sepultamento aconteceu as 16:00h sem velório.

Assim em nome de toda a categoria, manifesta sua solidariedade e condolências neste momento de tristeza e infortúnio.
Descanse em paz José Jangabam!