Sem Pimentinha, Kelvin, Marcos Vinícius e Enercino, mas com o retorno de Leo Moura, Botafogo enfrenta o Ceará pela Copa do Nordeste, nesta quarta, no Castelão

Por Edmilson Pereira - em 3 meses atrás 204

Invicto ainda na competição, o Botafogo-PB entra em campo às 17 horas desta quarta-feira (26), na Arena Castelão, em Fortaleza (CE) para enfrentar o Ceará, em partida válida pela Copa do Nordeste. O time paraibano tem  dois empates e e duas vitórias,  e soma 8 pontos, que foram somados nos seguintes resultados: América 0 x 0 Botafogo ;  Botafogo 1 x 1 Confiança;  Botafogo 2 x 1 Náutico; e   CSA 0 x 1 Botafogo

No jogo desta quarta-feira contra o Ceará, o técnico Piza não terá os pontas Pimentinha e Kelvin e os meias Marcos Vinícius e Enercino, este último com passagem pelo futebol cearense, quando foi vice-campeão estadual pelo Uniclinic em 2016. A situação dos atacantes é menos preocupante, com o Departamento Médico (DM) tomando algumas medidas de precaução para não prejudicar o condicionamento físico dos atletas. Por outro lado, os meio-campistas não têm previsão de retorno.

Mas se o Xerifão do Nordeste pode sentir a ausência de alguns jogadores importantes, o time titular está descansado e pronto para entrar em campo novamente. No empate em 1 a 1 diante do CSP, no Estadual, Evaristo Piza poupou praticamente todos os atletas da equipe principal. Assim, nomes como o goleiro Samuel, o volante Rodrigo Andrade, o meia Everton Heleno e o lateral direito Léo Moura, aquele mesmo que fez história no Flamengo, devem retornar.

A situação do Botafogo na temporada, por enquanto, é tranquila. O time é vice-líder do Grupo A do Campeonato Paraibano, com dez pontos, mas tem um jogo a menos que o primeiro colocado. No Nordestão, o Belo ocupa o terceiro lugar, com oito pontos, e está invicto na competição, com duas vitórias e dois empates. O atacante Dico é o artilheiro do time no torneio regional, com dois gols marcados, e divide o posto de maior goleador da temporada com Mário Sérgio e Lohan.

Forçado a mexer o time, existe a dúvida se Evaristo Piza vai manter o sistema 4-3-3 ou se vai reforçar o meio com mais um volante, formando um 4-4-2. O fato é que, independente da diferença técnica e de orçamento entre as duas equipes, o Botafogo está confiante para o confronto diante do Ceará. Sem perder ainda em 2020, o Xerifão enfrenta uma equipe de Série A pela primeira vez no ano e vê o duelo como uma boa oportunidade para se aproximar cada vez mais das quartas de final do Nordestão.

Escalações

Ceará:  Fernando Prass; Samuel Xavier, Klaus, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; William Oliveira, Charles e Vinicius; Mateus Gonçalves, Rodrigão e Rafael Sóbis

Botafogo: Samuel Pires; Léo Moura, Luis Gustavo, Fred e Mário Sérgio; Rodrigo Andrade, Juninho Silva, Everton Heleno e Rogério; Cássio Gabriel e Lohan