Seleção Brasileira feminina vence a Argentina em amistoso realizado no estádio Amigão, em Campina Grande

Por Elison Silva - em 1 mês atrás 32

Foto: Talita Gouvêia

No estádio Amigão, em Campina Grande, Brasil e Argentina fizeram o primeiro de uma série de dois amistosos realizados na Paraíba, os primeiros compromissos do novo ciclo Olímpico, e também já como preparação para a Copa do Mundo de 2023, que deve ser realizada na Austrália e Nova Zelândia. Sem brilhar, mas sem tomar sustos, a Seleção Brasileira venceu por 3 a 1, em um jogo que teve Marta em campo apenas nos primeiros 45 minutos.

Com os dois times renovados, o começo da partida foi muito estudado e de poucas oportunidades dos dois lados. Mas após os primeiros 30 minutos, a superioridade técnica das brasileiras começou a prevalecer.

O time canarinho abriu o placar aos 37 do primeiro tempo, quando Ludmila venceu as argentinas na velocidade pela direita e tocou para o meio da área, onde Debinha mostrou o faro de camisa 9 para só escorar firme em direção ao gol vazio, para balançar as redes pela primeira vez após as Olimpíadas de Tóquio para o Brasil.

Quatro minutos mais tarde, novamente Ludmila foi lançada em velocidade pela direita, de onde avançou sozinha desde quase o círculo central, entrou na área e desta vez bateu de direita, mas a arqueira argentina fez boa defesa e evitou que o placar fosse ampliado.

Na volta para o segundo tempo, pensando no futuro, a técnica Pia Soundhage sacou a Rainha Marta do time e colocou em seu lugar Nycole, atacante do Benfica.

E logo no início, aos 4 minutos, Nycole mostrou que tem estrela. Ela recebeu passe lindo de Bruninha nas costas da marcação entrou na área e, de canhota, tocou no canto direito de Correa e marcou o segundo da Seleção Brasileira, e seu primeiro com a camisa amarelinha.

Nycole marcou o segundo gol do jogo. Foto: Talita Gouvêa / CBF

O terceiro tento do Brasil veio aos 14 minutos. Angelina foi a autora da vez, completando para o fundo do gol após jogada ensaiada, vindo de cobrança de falta da intermediária e com Éricka escorando para o meio da pequena área, onde a camisa 8, de apenas 21 anos, só tocou de direita para ampliar a vantagem.

Depois de muitas mudanças nas duas equipes, a seleção da Argentina conseguiu descontar. Bonsegundo recebeu na direita, nas costas de Katrine, invadiu a área e tocou de direita, no canto direito de Letícia, para marcar o primeiro da albiceleste.

Perto do fim do jogo o Brasil ainda chegou a assustar. Aos 40 minutos da segunda etapa, Nycole cobrou de direita e a bola foi perto do ângulo esquerdo da goleira adversária, mas caprichosamente acabou explodindo no travessão.

As duas equipes voltam a se enfrentar, novamente às 16h, na segunda-feira (20), no estádio Almeidão, em João Pessoa. Após a partida, Brasil e Argentina retornam à João Pessoa, onde se prepararão para o novo duelo.

Fonte: Paraíba Notícia com Vozdatorcida.com