PSG quer se livrar de Neymar depois das denúncias de envolvimento do jogador com estupro e violência com modelo

Por Elison Silva - em 4 semanas atrás 642

Neymar não é mais prioridade para o Paris Saint-Germain. De acordo com o jornal francês “L’Equipe”, o PSG já admite a ideia de negociar o atacante nesta janela de transferências se receber uma boa oferta pelo brasileiro.

Este foi o segundo indício que o clube francês deu neste domingo (16)  de que Neymar pode sair. Mais cedo, Nasser Al-Khelaifi, presidente e dono do clube, disse que “as portas estão abertas” para quem quiser sair do clube.

Segundo o jornal francês, Neymar já vê o seu futuro longe de Paris. E, por isso, em caso de uma grande oferta, não faria oposição a saída do atacante.

Ainda de acordo com o “L’Equipe”, são diversos fatores que fizeram o PSG mudar sua postura sobre o atacante. A sequência de lesões, que o tirou de boa parta da última temporada, é um deles, como também o envolvimento do jogador com o escândalo em meio as denúncia de estupro e agressão contra a modelo Najila Trindade.

Mas também pesa bastante os problemas extracampo, como o soco dado em um torcedor após o PSG perder a final da Copa da França e a acusação de estupro – negada por Neymar.Vale lembrar que o atacante de 27 anos tem contrato com o PSG até junho de 2022.

Atualmente, ele se recupera de uma entorse no ligamento lateral externo do tornozelo direito, sofrida no amistoso da Seleção Brasileira contra o Qatar, em Brasília. A previsão do retorno, após os primeiros exames, era de quatro semanas.