Presidente Adriano Galdino anuncia implantação do ponto eletrônico para os servidores da AL-PB a partir de abril

Por Edmilson Pereira - em 5 meses atrás 356

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino (PSB), anunciou durante a sessão ordinária desta terça-feira (26), que a partir do próximo mês de abril será implantado, oficialmente, o ponto eletrônico de frequência para os servidores do Poder Legislativo estadual. Ele explicou que a medida é fruto de um acordo com o Ministério Público do Estado da Paraíba, firmando na gestão do ex-presidente Gervásio Maia (PSB), em comum acordo com os deputados da legislatura passada, como medida de transparência de gestão.

Nesta terça-feira, o secretário adjunto de Administração e Recursos Humanos da Assembleia Legislativa da Paraíba, Murillo Padilha, se reuniu com os servidores do setor de Limpeza e Manutenção da Casa para dialogar sobre melhorias na qualidade do serviço da Casa. Na oportunidade, também foi discutida a implantação do ponto eletrônico.

Murillo Padilha ainda ouviu as demandas do setor e explicou que a finalidade da reunião foi garantir melhores condições de trabalho e principalmente eficiência, o que, de acordo com ele, se reverterá no fortalecimento do Legislativo.  “Reunimos todos para que a gente venha implementar uma nova gestão, buscando eficiência nos serviços implantados na Casa”, disse o secretário.

Ele destacou a necessidade da implantação do ponto eletrônico na Casa. “Vamos implantar um sistema de ponto eletrônico para que todos possam cumprir com os horários. Nós queremos trabalhar para oferecer cada vez mais qualidade no serviço. Estamos focando na questão da humanização e o encontro foi bastante positivo. Nós ouvimos todas as dificuldades e vamos fazer todo o possível para solucionar os problemas”, garantiu.

Transparência

O presidente Adriano Galdino (PSB), ressalta que a medida é consequência da meta de transparência que sua gestão está implantando na Casa de Epitácio Pessoa. “Vamos iniciar a cobrança da presença dos funcionários, através do ponto. Essa recomendação foi acordada entre a gestão passada, combinada com todos os deputados da época, e o Ministério Público, representado aqui por alguns promotores do patrimônio. Essa sugestão foi acatada e nós já vamos colocar em prática agora, em abril, e de forma mais firme no mês de maio”, afirmou.

Fonte: Redação e Departamento de Comunicação