Prefeito de Sapé, Roberto Feliciano, é acusado de pagar super salário a sobrinho e atrasar pagamento para outros servidores

Por Wamberto Ferreira - em 6 meses atrás 142

Enquanto o prefeito de Sapé, Roberto Feliciano (PSB), exonera servidores e atrasa o pagamento do 13º salário dos funcionários, o seu sobrinho Geminiano Luiz Maroja Limeira Filho, recebe um supersalário, e rigorosamente em dia, maior do que inclusive o do vice-prefeito da cidade, Edson Figueredo. O salário de Germiniano é de R$ 11.500,00. A informação consta no Sagres do Tribunal de Contas do Estado, no mês de novembro.

Geminiano, que é irmão do ex-presidente da Câmara Municipal, Luiz Limeira, atualmente ocupa o cargo de procurador do município. Em Sapé, os vencimentos dos secretários estão na faixa de R$ 6 mil, ou seja, bem acima dos R$ 11.500,00 que o procurador do município recebe.

Parece que a crise em Sapé existe só para os servidores normais, o clã dos Felicianos não sabe o que significa essa palavra.