Polícia Civil da Paraíba prende último suspeito de ter assassinado mototaxista em Campina Grande

Por Edmilson Pereira - em 3 semanas atrás 103

Patrimônio de Campina Grande efetuou a prisão de Alex Félix Olegário, conhecido como “Loquinha“. A prisão aconteceu no bairro no Bairro do Jardim Continental e contra ele existia um mandado de prisão preventiva em aberto.

O delegado Demétrius Patrício, revelou que Alex responde na Justiça a vários processos criminais, entre eles um por porte de arma e pelo homicídio ocorrido no Bairro do Jardim continental em 2018, que teve como vítima o mototaxista Jordânio Bernardo da Silva.

Jordânio Bernardo da Silva, de 28 anos de idade, foi assassinado a tiros na Rua Jeremias Sérgio de Almeida, no Jardim Continental, no dia 16 de Janeiro de 2018. “Ele trabalhava montando telas de proteção e tinha ido fazer uma troca de viveiros. Quando foi assassinado ainda estava com um viveiro para periquitos nas mãos”, detalhou o delegado.

Segundo a Delegacia de Homicídios de Campina Grande, que investigou o caso e prendeu os demais participes no mês de abril deste ano, Alex era o último suspeito deste homicídio que ainda encontrava-se solto. O preso será apresentado ao Poder Judiciário para Audiência de Custódia.