Morre Manoelito Vilar da “Fazenda Carnaúba” em Taperoá

Por Edmilson Pereira - em 2 semanas atrás 235

Vítima de uma parada cardíaca, faleceu na manhã desta terça-feira (28), no hospital Antonio Targino, em Campina Grande (PB), o engenheiro, professor o proprietário  da Fazenda Carnaúba, em Taperoá, Manoelito Dantas Vilar, de 83  idade. Ele tinha se submetido a uma cirurgia de vesícula.  Na manhã de hoje sofreu uma parada cardíaca e faleceu. A causa da morte foi um choque séptico.

Seu Manelito , como era conhecido,  tinha cinco filhos e dez netos. Segundo um dos filhos, Joaquim Vilar, o pai estava sentindo dores na barriga há alguns dias e foi fazer um exame em Campina Grande,  descobriu que estava com a vesícula inflamada. Por isso, precisou passar por uma cirurgia na noite do último sábado (25). A cirurgia foi bem sucedida, mas quando foi desentubar, ele sofreu uma parada cardíaca. A causa da morte, especificamente, foi choque séptico.

Ele tinha 83 anos, nasceu e morava na cidade de Taperoá, na Paraíba. O velório vai acontecer na Fazenda Carnaúba, de onde era proprietário, na mesma cidade, a partir das 16h desta terça-feira e o corpo de Seu Manelito será sepultado no cemitério de Taperoá na quarta-feira (29), ao lado do pai, às 9h.

Como representante da geração atual, institucionalmente sozinho, Manelito Dantas tornou a Fazenda Carnaúba um sistema de produção na região. Após a morte do pai, Manelito abandonou toda sua vida urbana/profissional ascendente e promissora, iniciada aos 22 anos de idade, para dedicar-se totalmente às fazendas, na busca de continuar sua missão.

Fazenda Carnaúba – Taperoá (PB)