Ministro Gilmar Mendes nega pedido de liberdade e prefeito de Uiraúna, Bosco Fernandes vai continuar preso

Por Edmilson Pereira - em 9 meses atrás 159

O prefeito de Uiraúna, João Bosco Fernandes, preso pela Polícia Federal na Operação Pé de Barro em dezembro do ano passado, vai continuar preso.

O pedido da defesa dele para que respondesse a processo em liberdade foi negado, nesta quarta-feira (12),  pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

O ministro ainda solicitou que seja realizado exame psiquiátrico no prefeito Bosco Fernandes , que é acusado de participar de uma organização criminosa, que juntamente com o deputado federal Wilson Santiago, desviou  recursos da obra da Adutora Capivara, no município de Uiraúna.

O prefeito Bosco Fernandes foi filmado pela Polícia Federal recebendo dinheiro de propina do empresário George Ramalho.