Deputado Jeová destaca decisão do governador João Azevedo em manter medidas protetivas contra a propagação do coronavírus na PB

Por Edmilson Pereira - em 2 meses atrás 55

O presidente Jair Bolsonaro (PSB) está prestando um desserviço à população brasileira e as atitudes levianas dele podem deixar sequelas graves para a população se não for feito algo. Essa é a preocupação do deputado estadual Jeová Campos (PSB) que tem visto as posições do “chefe de Estado”, minimizando o perigo da pandemia provocada pelo Covid-19 e jogando o povo brasileiro à mercê da própria sorte. “A crise econômica é inevitável em todo o mundo. O que está em jogo agora são vidas humanas. Nem mesmo a economia é mais importante do que salvar vidas. Ainda bem que a Paraíba, com as medidas protetivas e a lucidez de nosso governador, está mantendo seu povo resguardado em suas casas”, destaca o parlamentar paraibano.

Jeová afirmou que com seu jeito singular de dizer e desfazer o discurso depois, Bolsonaro joga com o mercado especulativo e assusta com sua irresponsabilidade sarcástica pormenorizando o número de vítimas e as projeções feitas para o Brasil, frente as experiências já vividas em vários países do mundo. Recentemente, num vídeo que circula em redes sociais, Bolsonaro afirma que “brasileiro tem que ser estudado. Ele não pega nada. Não vê o cara pulando em esgoto? Vai ali, sai, mergulha, e não acontece nada com ele. Acho, inclusive, que muita gente já ficou infectada por esse vírus, há semanas, meses, criou anticorpos e não prolifera mais”, diz o presidente em tom jocoso. “O presidente esqueceu de mostrar, porém, os números que chegam aos hospitais públicos de todo o país com doentes por cólera ou por leptospirose e outras doenças, o que contraria sua tese de que com brasileiro “não acontece nada”. Ele está brincado com coisa séria e quem vai pagar a conta dessa insanidade é o povo brasileiro”, reitera Jeová.

No Brasil, lembrou o deputado, os governadores não estão seguindo as orientações do Governo Federal para a abertura de órgãos, empresas e retorno das pessoas ao trabalho. Na Paraíba, inclusive, Jeová parabeniza o governador João Azevedo por manter os paraibanos seguros em suas casas em quarentena e, principalmente, durante a ascensão do pico de contaminação do Covid-19 previsto para o início de abril. “Esse é um momento muito tenso e o nosso governador João Azevedo está mostrando sua responsabilidade para com a vida do povo paraibano. Um governante responsável protege os seus compatriotas em primeiro lugar e não o capital. Eu parabenizo nosso governador por isso”, disse Jeová Campos.