Valter Nogueira

por Valter Nogueira - 3 meses atrás

O recado do Prefeito

Em um processo político, quanto mais transparência nos atos e nas ações dos atores envolvidos melhor é o desfecho quanto à tomada de decisões, quanto ao rumo a ser seguido. Isso tudo parecer ser a preocupação, no memento, do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, nessa temporada de pré-campanha.

Ao menos, é a leitura que se faz ante o ultimato do alcaide. Isto é, o prazo vai até 30 de março para os partidos alinhados com a gestão decidirem se mantêm a aliança ou se decidem por postulação própria.

Nesse quesito, o prefeito está certo. Afinal, qual o gestor que deseja governar com a presença de iminentes concorrentes. Isto é, a certeza – não desconfiança – de que o inimigo mora ao lado, pra não dizer dentro de casa.
Aos navegantes, falta de aviso não foi!

Para os desavisados, vale lembrar que, em janeiro deste ano, o prefeito Luciano Cartaxo fez a seguinte declaração à Imprensa: “a gestão só terá um candidato na eleição de 2020”.

Em resumo, o governo municipal não irá tolerar candidaturas paralelas no seio de seu esquema político. E o ultimato se apresenta como uma peneira para separar o joio do trigo, fato que definirá, na próxima reforma administrativa, quem fica e quem sai das secretarias e órgãos da Prefeitura da Capital.