Valter Nogueira

por Valter Nogueira - 1 mês atrás

Ciência acima de tudo

Confiança na ciência e na informação é a chave para erradicar não apenas a Covid-19, mas, também, o vírus da desinformação, este disseminado pela ignorância. Sem conteúdo, os adeptos da ignorância recorrem as Fakes News para confundir a opinião pública.

O governo federal, sob a batuta do presidente Jair Bolsonaro, fez pouco caso da Covid-19 – é fato! Jair Bolsonaro chegou a classificá-la de “gripezinha”, embora o país estivesse mergulhado na maior crise de saúde pública dos últimos tempos. O número de casos de infecção e de mortes fala por si só.

Preocupado em defender sua posição errática (a todo custo), o presidente Bolsonaro e seus seguidores perderam tempo na corrida para debelar o novo Coronavírus. Esqueceram que, mais cedo ou mais tarde, a vacina seria desenvolvida em algum país.

O desserviço prestado pelo senhor Presidente, em subestimar o poder da doença, converte-se agora contra o próprio governo, que corre atrás do prejuízo face ao seu tardio plano de vacinação.

Vanguarda

O governo de São Paulo assimilou rápido o que estava por vir e saiu na frente, a partir de uma parceria com a China. Agora, São Paulo socorre o povo brasileiro com a vacina CoronaVac, produzida no Instituto Butantan – destacado centro de pesquisa biológica.

Um dia após o outro

Como bem prega a sabedoria popular: “nada melhor que um dia após o outro”. Isto é, o governo que fez pouco caso da doença, e, ainda, da Ciência, agora recorre à vacina do Butantan para levar doses de esperança ao povo brasileiro.

Tratamento precoce

O tratamento precoce parece ter falhado.  E nesse diapasão ganha repercussão nacional o recente caso do empresário catarinense Luciano Hang, 58 anos, dono da rede de lojas Havan, ao testar positivo para a Covid-19. Ele está internado em estado de saúde estável, em um hospital particular na cidade de São Paulo (SP).

O caso ganha amplitude face ao comportamento de Hang ante a atual crise sanitária. Um dos expoentes do bolsonarismo, Hang defendeu e propagou o uso da hidroxicloroquina e da ivermectina como “tratamento precoce” ao Coronavírus.

– E, na dúvida, muita gente fez isso, claro!

Todavia, os dois medicamentos não tiveram eficácia comprovada contra o vírus em uma série de estudos científicos. E Hang é a prova viva de que o remédio, em muitos casos, não faz efeito; caso contrário, não teria sido infectado.