CMJP e AL-PB lançam Código de Defesa do Consumidor em Braile

Por Elison Silva - em 2 anos atrás 474

Em sessão conjunta com a Assembleia Legislativa da Paraíba , a Câmara Municipal de João Pessoa, realizada na tarde desta segunda-feira (11), discutiu a importância do lançamento do Código de Defesa do Consumidor  em Braile pelo Conselho de Usuários de Telefonia da Operadora TIM. Pela Câmara, a autoria da sessão foi do vereador Leo Bezerra (PSB); já pela Assembleia Legislativa, a iniciativa partiu do deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB).

A sessão, presidida pelo deputado estadual Raoni Mendes (DEM) e realizada no Plenário José Mariz, do Poder Legislativo estadual, foi prestigiada por entidades que congregam e representam deficientes auditivos e visuais; e por dirigentes e gestores de órgãos de defesa do consumidor, além da Procuradoria de Justiça do Ministério Público do Trabalho. Um dos participantes da mesa da sessão foi o ex-gestor do Procon-JP, Odon Bezerra, responsável pelo lançamento do CDC em Braile em 1999.

Na sessão também foram apresentadas outras ações de acessibilidade para deficientes audiovisuais, a exemplo do Aplicativo Giulia, desenvolvido pela TIM. “Temos que reconhecer os avanços que as empresas da iniciativa privada têm trazido para o nosso estado da Paraíba e para a nossa querida João Pessoa”, discursou o vereador Leo Bezerra. “Essas tecnologias e o CDC em Braile facilitam a vida de quem padece com a deficiência auditiva ou visual”, completou Hervázio Bezerra.

O aplicativo Giulia, na prática, promove a inclusão de surdos na sociedade. Esse aplicativo traduz a Língua Brasileira de Sinais (Libras) para áudio e permite comunicação entre surdos e ouvintes. O Giulia permite que smartphones transformem os movimentos de Libras em áudio e vice-versa. O que facilita que deficientes auditivos executem tarefas do cotidiano, como ir ao médico ou ao banco.