Cinco candidatos da bancada governista entram na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa

Por Edmilson Pereira - em 6 dias atrás 161

Esta terça-feira (09) foi dia de sessão normal na Assembleia Legislativa, a primeira da semana e também a primeira do pós eleições, que foram realizadas no domingo passado. A verdade é que poucos deputados compareceram à Casa Epitácio Pessoa, apenas 14, dos 36.

Não houve pauta para votação de matérias e muitos dos que compareceram à Casa usaram a tribuna para comentar o resultado das eleições do último domingo. Todos com uma opinião unânime: as eleições deste ano foram as mais difíceis de todos os tempos, mas ainda com forte influência do poder econômico.

Feito o balanço da eleição, de vitórias e de derrotas, alguns deputados já estão numa outra campanha, a de presidente da futura mesa da Assembleia Legislativa.

Numa contagem desta terça, pelo menos cinco deputados estaduais já trabalham nos bastidores para consolidar apoios para concorrer a presidente.Adriano Galdino (PSB), Branco Mendes (Podemos), Ricardo Barbosa (PSB), Tiao Gomes (PSB) e Edmilson Soares (Podemos).

O deputado Branco Mendes que irá exercer o quarto mandato a partir de fevereiro do próximo ano, revelou que está colocando o nome dele na disputa, depois de ter ocupado as primeiras e segunda secretaria da Casa, o que lhe dá experiência e conhecimento do funcionamento do Poder Legislativo.

O deputado Ricardo Barbosa chegou a confidenciar da tribuna,  que teria recebido uma ligação no último domingo, do então candidato João Azevedo, que foi eleito governador, a declaração de que o mesmo estava saindo de casa confiante na vitória de governador e que iria votar no 40222, número do deputado, deixando a entender que tem a simpatia do novo governador na postulação do cargo de presidente da Assembleia Legislativa.

Branco Mendes confessou que já tem o apoio de vários colegas deputados para concorrer à presidência da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Com 28 anos de mandatos, entrando para o 32º, sendo o mais antigo da futura legislatura e integrante da segunda maior bancada aliada do governo, o Avante, o deputado Tião Gomes, anunciou na manhã de hoje que também será candidato.

A deputada Estela Bezerra que foi reeleita para o segundo mandato, disse que não tem pretensões de concorrer à presidência da Casa, mas defende que o futuro presidente da Assembleia Legislativa tem que ser um aliado do governo e que saiba ouvir e respeitar todos os seus colegas de Casa.

Mesmo não tendo comparecido à sessão de hoje, o deputado Adriano Galdino, que foi presidente durante o biênio 15/16 é outro que abertamente já está em campanha e confessa o desejo de retornar à presidência da Assembleia Legislativa.

O deputado Edmilson Soares também trabalha para ser candidato a presidente da Casa Epitácio Pessoa.

Ainda sobre futura mesa da Assembleia Legislativa , o deputado Raineri Paulino, da bancada da oposição, defende que a eleição da futura mesa do Poder legislativo seja definida pelo critério da proporcionalidade, como acontece no Congresso Nacional, por exemplo, dando espaço a oposição para também compor cargos diretivos no Legislativo.