Atlético-MG sofre gol aos 48min do 2º tempo e perde para a Chapecoense

Por Edmilson Pereira - em 1 semana atrás 119

Num lance de sorte, a Chapecoense venceu o Atlético-MG por 1 a 0 com um gol aos 48 minutos do segundo tempo, quando o jogo se encaminhava para um empate sem graça. Doffo chutou em cima do zagueiro Leonardo Silva, desviou e encobriu Victor.

No primeiro tempo as duas equipes estavam em “ritmo de treino” e houve apenas uma boa chance de gol. Na segunda etapa, a velocidade aumentou, mas a qualidade na conclusão das finalizações não se alterou. O Galo continua na sexta posição, agora com 45 pontos , e vê sua missão de chegar no G4 cada vez mais complicada.

Já a Chape sai do Z4 e se anima na competição. Com os 31 pontos na tabela, o time catarinense respira e pode terminar a rodada longe da zona da degola.
Na próxima rodada, o Atlético-MG fará o clássico contra o América-MG, no Independência, às 19h do dia 14 de outubro. Já a Chape recebe o Vitória em casa, também no domingo, dia 14, às 11h.

Gol no finalzinho…e da vitória

Doffo recebe pela esquerda, tenta cruzar, a bola desvia em Léo Silva e dá a vitória para a Chape.

Gol perdido incrível

Doffo fica sozinho com a bola mas isola e perde a melhor chance do segundo tempo.
Susto no Galo

Bruno Silva recebe cruzamento da esquerda e cabeceia sozinho e perdeu gol incrível. Sorte do Atlético-MG.

O argentino Doffo limpa a jogada e finaliza de esquerda e passa com muito perigo no gol de Victor.

Luan cobra escanteio na pequena área. A bola sobra para Gabriel na pequena área, que tenta desviar, mas Jandrei chega fechando o ângulo e salva a Chapecoense de levar o primeiro gol.

Fábio Santos cruza, Jandrei tromba com Bruno Pacheco e manda o jogo seguir. A bola sobra para Denílson, mas ele carimba Douglas no chute. Na sequência Luiz Flávio de Oliveira pausa o lance para atendimento aos jogadores da Chape.
FICHA TÉCNICA: CHAPE 1 X 0 ATLÉTICO-MG

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data/Horário: 6/10/2018, às 16h
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

CHAPECOENSE: Jandrei, Eduardo, Rafael Thyere, Douglas, Bruno Pacheco, Elicarlos(Amaral, aos 24′-1ºT), Barreto, Doffo, Diego Torres(Yamm Rolim, intervalo), Vinicíus(Bruno Silva- intervalo) e Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira.

ATLÉTICO-MG: Victor, Emerson, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; José Welison, Matheus Galdezani (Terans, aos 35′, 2ºT) e Elias; Luan(Leandrinho, aos 25′-2ºT), Chará (Tomás Andrade, aos 25′-2ºT), e Denílson.. Técnico: Thiago Larghi.

Cartões amarelo: Doffo(CHA), Eduardo(CHA),Bruno Pacheco(CHA), Elias(ATL), Elias(ATL)

Gols: -Doffo(1-0) 48′ 2ºT
Renda/Público: R$ 198.705,00- 10.074