IRREGULARES: Detran-PB e Ministério Público vistoriam e reprovam 72 veículos escolares

Por Edmilson Pereira - em 2 meses atrás 139

De um total de 100 veículos escolares fiscalizados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) e Ministério Público da Paraíba, nesse final de semana, 72 foram reprovados. Para cumprir o calendário de vistorias divulgado pelo Detran em todo o estado, no primeiro semestre, a fiscalização realizou vistoria nos veículos dos municípios de Cabaceiras, Barra de São Miguel, São Domingos do Cariri, Queimadas, Caturité, Fagundes, São João do Cariri, Caraúbas, Gurjão, Boqueirão, Alcantil, Barra de Santana, Riacho de Santo Antônio, Ingá, Itatuba, Riachão do Bacarmate, Serra Redonda, Remígio e Algodão de Jandira.

O coordenador de Vistorias de Transporte Escolar do Detran-PB, Renato Prado, informou que o índice de aprovação foi de 28% (21 veículos), enquanto os veículos reprovados representam 72% do total. Ele alertou para a importância do trabalho de fiscalização, no tocante à segurança dos estudantes do interior do Estado.

Entre os itens avaliados e que mais reprovam no quesito veículos são pneus, extintores e cinto de segurança. Já no tocante aos motoristas, a maioria trafega sem comprovação do curso específico de condutor de transporte escolar e sem constar a informação obrigatória de atividade remunerada na carteira de habilitação (CNH).

Duas equipes de vistoriadores do Detran-PB, com quatro servidores cada uma, participaram da fiscalização. Compostas pela autarquia de trânsito, em parceria com o MPPB e demais órgãos envolvidos, elas atuarão nos finais de semana dos meses de fevereiro a junho de 2019. No calendário, houve uma pequena mudança e foram remarcadas para o dia 11 de maio as cidades de Picuí, Frei Martinho, Baraúnas, Nova Palmeira e Pedra Lavrada.

A fiscalização é feita pelo Detran, com o apoio do MPPB, Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Instituto de Metrologia e Qualidade (Imeq), Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e Departamento de Estradas de Rodagens (DER).